USIPA - Centro de Biodiversidade da Usipa devolve mais um animal à natureza

HOME     INSTITUCIONAL     ESPORTES     LAZER E SOCIAL      MEIO AMBIENTE      CANAIS     FOTOS    CONTATO

  :: NOTÍCIAS USIPA + Ver mais notícias
 


 
 

Centro de Biodiversidade da Usipa devolve mais um animal à natureza
 

 

Uma coruja Suindara (Tyto furcata) foi devolvida à natureza, na última quinta-feira (27), após quase dois meses de reabilitação. A soltura da ave ocorreu no município de Ipatinga em uma Unidade de Conservação.

Os dois filhotes de coruja Suindara ou coruja da Torre, como também é conhecida, foram trazidos ao zoológico da Usipa, pela Polícia Militar de Meio Ambiente, no dia 5 de junho deste ano, depois de serem encontrados por moradores no bairro Canaã caídos ao solo.

No período de permanência no zoo, as corujas passaram por cuidados parentais até a fase adulta. Assim foram transferidas para um viveiro de aclimatação, onde desenvolveram o voo e aprenderam a capturar ratos para se alimentar. Passado o período em recinto apropriado, recebendo cuidados veterinários e biológicos apenas uma delas se mostrou apta à soltura.

O acolhimento realizado pelo CEBUS

O acolhimento de animais silvestres em risco de morte é realizado pelo CEBUS por meio do projeto Reabilitação da Fauna Sem Lar. Desde abril de 2017, através do convênio com a Associação Regional de Proteção Ambiental do Vale do Aço-Arpava, a instituição passou a receber, tratar, reabilitar e encaminhar esses animais para a soltura, sempre orientada e acompanhada pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF). Este trabalho acontece sempre com o apoio da Polícia Militar de Meio Ambiente.

A Suindara ou Coruja da Torre é uma espécie muito comum no Brasil, bastante conhecida por nidificar em torres de igrejas e locais habitados (razão de um de seus nomes comuns). Está entre os principais predadores de roedores, principalmente nas proximidades de habitações humanas. Animal muito importante na cadeia alimentar. O nome suindara vem do tupi e significa “aquele que não come”.