USIPA - Atleta do Voleibol da Usipa é convocada para integrar a equipe do Olympico Club

HOME     INSTITUCIONAL     ESPORTES     LAZER E SOCIAL      MEIO AMBIENTE      CANAIS     FOTOS    CONTATO

  :: NOTÍCIAS USIPA + Ver mais notícias
 


 
 

Atleta do Voleibol da Usipa é convocada para integrar a equipe do Olympico Club
 

 

A atleta do departamento de Voleibol da Usipa Júlia Gabriele Cruz Silva foi convocada para integrar a equipe de competição do Olympico Club, de Belo Horizonte. Os testes para a convocação ocorreram no mês de janeiro e ainda no mês de março a atleta começará os treinos no novo clube.

Júlia competiu frente a frente com, aproximadamente, 30 garotas de todo o Estado de Minas Gerais e garante que os testes não foram fáceis. “Houve vários testes e um deles foi na areia. Eu queria muito passar, é claro, mas sabia da probabilidade disso não ocorrer, pois disputei com grandes atletas da minha categoria. Porém, eu me destaquei e garanti a minha vaga”, conta Júlia.

A base do voleibol tricolor

A atleta foi treinada nas categorias de base da Usipa, entrou no clube em 2010, quando ainda tinha 8 anos. Hoje, com 16, Júlia sonha em ser uma grande jogadora de voleibol e revela que esse desejo cresceu e tomou forma no clube tricolor. “Antes eu fazia natação, mas não era muito a minha praia. Aí eu entrei no vôlei da Usipa e me apaixonei pelo esporte! Iniciei muito nova e não sabia nada. Aprendi tudo o que sei com os professores da Usipa. Aqui dentro eu descobri quem eu sou”, revela a jogadora.

Segundo o coordenador de Voleibol da Usipa, Deivid Alves, a Júlia sempre demonstrou interesse pelo esporte e esse é um dos motivos dela ter se destacado. “A Júlia sempre foi uma atleta muito dedicada e habilidosa desde novinha. Ela aprendia as técnicas muito rápido e logo no início foi treinar com categorias acima da dela”, conta Deivid.

Além de ser uma ótima jogadora de vôlei, a Júlia também tem que ir bem na escola. Os pais da atleta a apóiam no esporte desde que ela vá bem nos estudos, pois ainda está no segundo ano do Ensino Médio. “Os pais da Júlia sempre foram muito presentes desde que ela entrou aqui. Eles sempre vão aos jogos e torcem muito pela filha e pela equipe. E ela tem que andar na linha nos estudos também. Como irá jogar em BH, também será transferida para uma escola de lá. É um esforço para ela ser atleta e terminar os seus estudos no tempo regular”, explica o coordenador de Voleibol da Usipa, Deivid Alves.

Recentemente, a Júlia teve um problema no joelhou que a limitou para fazer determinadas funções. Porém, os técnicos da Usipa não deixaram a jovem parar de treinar: eles adequaram os treinos da Júlia e a trocaram de posição para que ela tivesse menos impacto no joelho. A atleta jogava de ponteira e passou a jogar como levantadora para não ser prejudicada na questão esportiva e, muito menos, fisicamente.

Testes nos grandes clubes

De acordo com o Deivid Alves, por enquanto, a Usipa não tem uma equipe de competição da categoria Adulto. Mesmo assim, os atletas são treinados nas categorias de base com o objetivo de crescerem profissionalmente no esporte. “Oferecemos uma base técnica muito boa para os nossos atletas conquistarem espaço em equipes profissionais e se tornarem atletas de alto rendimento reconhecidos dentro e fora do país. Recebemos atletas muito jovens cientes de que, em algum momento, deixarão o clube”, explica Deivid.

Por causa da qualidade técnica do trabalho da Usipa, os atletas despertam, tradicionalmente, a atenção de olheiros de diversos clubes. “Não encaramos isso como uma perda. Nos alegramos com a conquista dos nossos atletas, e agora é a vez da Júlia. Perdemos uma aluna, mas estamos ganhando uma grande atleta que irá se destacar muito ainda no cenário do voleibol brasileiro, carregando o nome da Usipa”, considera o coordenador Deivid.